A IMPORTÂNCIA DA AGRICULTURA FAMILIAR
Descrição

                      A IMPORTÂNCIA DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA O DESENVOLVIMENTO DOS MUNICIPIOS.

   “A agricultura familiar pode ser entendida como o cultivo da terra realizado por pequenos proprietários rurais, tendo como mão de obra essencialmente o núcleo familiar.
Agricultura familiar gera mais de 80% da ocupação no setor rural e responde no Brasil por sete de cada 10 empregos no campo e por cerca de 40% da produção agrícola. Atualmente a maior parte dos alimentos que abastecem a mesa dos brasileiros vem das pequenas propriedades. A agricultura familiar favorece emprego de práticas produtivas ecologicamente mais equilibradas, como a diversificação de cultivo, o menor uso de insumos industriais e a preservação do patrimônio genético. Em 2009 cerca de 60% dos alimentos que compuseram a cesta alimentar distribuída pela Conab originaram-se da Agricultura Familiar.
No Brasil, a agricultura familiar é responsável pela produção de 87% da produção nacional de mandioca, 70% da produção de feijão, 46% do milho, 38% do café, 34% do arroz, 21% do trigo e, na pecuária, 60% do leite, 59% do plantel de suínos, 50% das aves e 30% dos bovinos.”

O Município de Rio do Prado, reuniu sexta feira (30.11.2018) com os agricultores familiares, EMATER, secretário municipal de educação,  nutricionista, setor de almoxarifado, setor de licitação  para elaborar planejamento para 2019, foi abordado diversos assuntos e sanadas diversas dúvidas.
Discutiram assuntos relevantes para bom andamento dos trabalhos, entendemos que todos precisam um dos outros, considerando que a implementação e fortalecimento das políticas o trabalho é coletivo. 
Falamos um pouco sobre a importância da implementação do SIM (selo de inspeção municipal) – projeto em fase de elaboração, de questões de melhoramento de politicas voltadas para os agricultores familiares (entrega conferencia, qualidade do produto e discutiram a entrega da nota fiscal para pagamento em tempo hábil).
A EMATER chama da atenção para importância de cumprir com o planejamento, pois o produtor se organiza e conta com o que é planejado. 
Na corrida por dias melhores!

A agricultura familiar e camponesa quer sim a responsabilidade de ser quem alimenta o povo brasileiro, afinal como diria o poeta “Se o campo não planta, a cidade não janta!”

Fonte: http://www.revistaagropecuaria.com.br/2012/10/26/a-importancia-da-agricultura-familiar-no-desenvolvimento-dos-municipios/acesso

03/12/2018