SÃO JOÃO NEPOMUCENO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De família pobre, São João Nepomuceno nasceu quando seus pais já estavam em avançada idade.

Daí ser “João” o seu nome, numa alusão ao nascimento de João Batista que também nascera quando Santa Isabel já era bastante idosa. Estudou na universidade de Praga, onde se formou em Direito Canônico e doutorou-se em teologia.

Ordenado sacerdote, sua grande eloquência levou-o à corte, e ali tornou-se capelão e confessor. A própria rainha e imperatriz Joana tomou-o para diretor espiritual. Pouco se sabe da realidade dos fatos que culminaram no seu cruel martírio.

Alguns afirmaram que São João Nepomuceno tornou-se um obstáculo às pretensões do rei, desejoso de controlar a Igreja. A opinião mais comum, entretanto, é que na impossibilidade de arrancar-lhe o segredo da confissão concernente à vida de sua esposa, o rei mandou torturá-lo.

Primeiramente queimaram em fogo lento suas partes íntimas. Como continuasse firme na decisão de manter o segredo da confissão, sem que ninguém percebesse foi lançado nas águas do rio Moldava.

O corpo de São João Nepomuceno foi, entretanto, descoberto e recebeu digna sepultura na Igreja de Santa Cruz. Em seu túmulo foi gravado este epitáfio: Aqui jaz o venerabilíssimo João Nepomuceno, doutor, cônego desta igreja e confessor da rainha, ilustre pelos seus milagres, o qual por ter guardado o sigilo sacramental foi cruelmente torturado, e lançado de cima da ponte de Praga, no rio Moldava, por ordem de Venceslau IV, no ano de 1383.

Oração de São João Nepomuceno: Concedei-me, Ó Senhor do céu e da terra, ser sempre bem firme na luta pelos direitos da fé e da Igreja, e pela intercessão de São João Nepomuceno, dai-me, Senhor, a graça que vos peço. Por Cristo Jesus, amém. São João Nepomuceno, rogai por nós.

Devoção: Ao sigilo da confissão e à fidelidade à Palavra

Padroeiro: Diretores espirituais

Outros Santos do dia: São Honorato de Amiens (padroeiro dos padeiros e doceiros); André Bobola (S.J); Ubaldo e Posídio (bispos); Andas. Peregrino (bispos); Flaviano, Aquilino e Vitoriano, Ganádio e Félix (mártires); Forte, Ugaldo, Honorato, Domnolo (bispos); Brandano (abade); Fídolo (conf); Máxima (virgem); Simão Stock (abade).